Carregando a página...

Perguntas Frequentes

 

Perguntas frequentes

Aqui você pode encontrar as respostas às perguntas que mais frequentemente nos chegam. Se não encontrar o que procurar, clique aqui para entrar em contato conosco.


Notice: Undefined variable: grupoAtual in /home/vscanada/public_html/m3_faqs.php on line 62

SERVIÇOS

Nós conseguimos agilizar qualquer solicitação graças as ferramentas que utilizamos e nosso metodologia. Entre elas destacamos dispensa de documentos físicos e ainda enviamos as solicitações para o Departamento de Imigração do Canadá de forma on-line.

Para iniciar a solicitação do seu visto e/ou permissão basta assessar alguma página nos nossos serviços, dentro delá há um botão para iniciar a solicitação.

Dentro da página dos nossos serviços existe um botão para acessar o passo a passo (infográfico) de como funciona a solicitação.

Não, não é necessário enviar nenhum documento físico para nós. Todos os documentos são enviados para nós de forma on-line.

Levamos segurança muito a sério. Suas informações e documentos são tratados com máxima confidencialidade e segurança. Tudo que recebemos ao seu respeito ficam em total sigilo. Ao fim da nossa assessoria excluimos seus documentos do nosso banco de dados. Para saber mais informações você pode acessar no Política de Privacidade.

Prestamos serviços de assessoria e consultoria para solicitação vistos e permissões para o Canadá. Sendo eles, visto de turismo, visto e/ou permissão de estudo, visto e/ou permissão de trabalho, extensão de vistos e permissões, mudança de status e autorização eletrônica de viagens.

Sim atentemos todo o território brasileiro.

Sim, atendemos que está no Canadá. Nosso serviços de extensão de visto ou permissão, mudança de status é direcionado para quem está no Canadá.

TURISMO

Todas as pessoas autorizadas a entrar no Canadá que não são cidadãos canadenses ou residentes permanentes, são autorizadas a entrar como residentes temporários na forma de visitante, estudante ou trabalhador. Então um visto residente temporário pode ser concedido na forma de turismo, estudo ou trabalho.

Um oficial de migração no Canadá vai determinar quanto tempo você pode ficar no país. À maioria dos visitantes é permitida uma estadia de seis meses a partir do dia em que entrou no Canadá. Se o oficial autoriza uma estadia de menos de seis meses, será indicado no seu passaporte a data em que você deve deixar o país.

Se quiser ficar mais do que a estadia autorizada, você deve solicitar uma extensão pelo menos 30 dias antes do final autorizado da sua estadia.

Se a duração da sua visita é de seis meses ou menos, geralmente, não é necessário o exame médico.

No entanto, ele é necessário se você pretende trabalhar em uma profissão em que a proteção da saúde pública é essencial.

Se a duração da visita é de mais de seis meses, você vai precisar de um exame médico se:

  • Tiver residido por seis ou mais meses consecutivos em um país ou território designado no ano imediatamente anterior à data em que pretende entrar no Canadá. Isto se aplica mesmo se você for cidadão de um país que não necessita de visto;
  • Estiver indo para o Canadá para trabalhar em uma profissão em que a proteção da saúde pública é essencial. (Ver empregos para os quais você precisa de um exame médico para mais informações.)

ESTUDO

Para cursos acima de 6 meses, é necessário um visto de estudante ou permissão de estudo.

A fim de ser considerado isento dessa exigência, o curso ou programa de estudo deve ser concluído no período de seis meses ou menos, ou ainda dentro do prazo autorizado para a sua estadia no Canadá.

Assim que receber a carta de aceitação, você pode solicitar o visto de estudante ou permissão de estudo.

Sim, pode estudar. Para isso, é necessário ter status legal.

Se o curso pretendido dura 6 meses ou menos, você não precisa de uma permissão de estudo.

Se o curso pretendido dura mais de 6 meses, você precisa de uma permissão de estudo.

Você pode estudar no Canadá sem uma permissão de estudos se:

  • A duração do seu curso ou programa de estudo for de seis meses ou menos;
  • Você completar o seu curso ou seus estudos dentro do tempo que está autorizado a permanecer no Canadá.

Sim, você precisa de um exame médico se:

  • For brasileiro;
  • Permanecer no Canadá por mais de seis meses;
  • For um estudante de medicina ou pretender trabalhar na área da saúde ou em outro campo que traz um contato íntimo com crianças ou idosos.

É a carta que você irá receber do Consulado Canadense se for aprovado para uma permissão de estudo ou de trabalho.

Às vezes é chamada de carta de apresentação. Oficialmente, chama-se Port of Entry (POE).

Essa carta não é a permissão de estudo ou de trabalho. Você deve mostrá-la ao oficial de migração quando chegar no Canadá para receber essa permissão.

Se deixar o Canadá e quiser voltar, você deve ter:

  • Um passaporte válido;
  • Um visto de estudante válido se você está retornando para estudar no Canadá; ou
  • Um visto de visitante válido.

Sim. Você pode ser elegível para trabalhar no Canadá enquanto estuda e depois de se formar. Como titular de visto ou permissão de estudo, pode se qualificar para trabalhar.

Você também pode solicitar um Post-Graduation Work Permit (PGWP) para continuar a trabalhar no Canadá após a graduação de uma instituição elegível.

Post-Graduation Work Permit (PGWP) é uma autorização de trabalho concedida ao aluno que se formou em uma instituição pós-secundária canadense para que ele possa permanecer no Canadá para trabalho.

O Post-Graduation Work Permit pode ser válido de oito meses até três anos, dependendo da duração do programa de estudo concluído no Canadá. A permissão não pode ser válida por mais tempo do que a duração desse programa. Por exemplo:

Se você se formar a partir de um programa de certificação de oito meses, pode ser elegível para uma autorização de trabalho de oito meses.

Se você se formar a partir de um programa de graduação de quatro anos, pode ser elegível para uma autorização de trabalho de três anos, se cumprir os requisitos do programa.

O Post-Graduation Work Permit é uma permissão de trabalho aberta. Isso significa que você pode trabalhar em qualquer ocupação, em qualquer lugar no Canadá e mudar de emprego a qualquer momento que desejar.

Sim. Você pode permanecer no Canadá como residente temporário até a Citizenship and Immigration Canada - CIC (Departamento de Cidadania e Imigração do Canadá) decidir sobre a solicitação, desde que o pedido de prorrogação tenha sido apresentado antes do término da estadia autorizada.

Se o novo pedido foi apresentado para renovar o visto de estudante, você pode ficar no Canadá e continuar a estudar de acordo com as condições do visto de estudante original até o CIC decidir sobre a aplicação.

Se o novo pedido foi apresentado por um tipo diferente de estatuto de residente temporário (por exemplo, autorização de trabalho), você deve parar qualquer uma das atividades previstas na licença de estudo original uma vez que a licença expirou. Por exemplo, você pode ter ido para o Canadá como estudante e, em seguida, solicitou uma autorização de trabalho. Se assim for, deve parar de estudar uma vez que seu visto de estudante expirou. Depois disso, não pode trabalhar ou estudar até obter uma nova permissão.

TRABALHO

Isso depende de alguns fatores, tais como o trabalho que você quer fazer e é aplicável para você. Na maioria dos casos, você precisará de:

  • Um Labour Market Impact Assessment (LMIA) positivo ou uma prova de que seu empregador tenha apresentado uma oferta de emprego através do Employer Portal, se o seu trabalho não requer um LMIA;
  • Prova de que está certificado, reconhecido ou qualificado para trabalhar na profissão específica;
  • Um Open Work Permit;
  • Um visto para viajar para o Canadá.

O Labour Market Impact Assessment (LMIA) é um documento que um empregador no Canadá pode precisar receber antes de contratar um trabalhador estrangeiro.

Na maioria dos casos, o empregador deve enviar a oferta de emprego e o Labour Market Impact Assessment (LMIA).

Se o LMIA não for necessário, o empregador deve enviar a oferta de número de empregos que recebeu através do Employer Portal.

Uma vez que você tem o que precisa, pode solicitar a permissão.

Depende da autorização de trabalho que você tem. A maioria delas está ligada a um empregador específico e só vai te permitir trabalhar para ele.

Em algumas situações, você pode obter um Open Work Permit que não inclui um empregador específico, mas sim permite trabalhar para qualquer empregador no Canadá, a menos que esteja listado como não elegível. (Alguns exemplos: strip-tease, dança erótica, serviços de acompanhantes ou massagens eróticas. Para mais informações, consulte: http://www.cic.gc.ca/english/work/list.asp)

A maioria das pessoas pode ir para o Canadá trabalhar por um período máximo de quatro anos. Se está aplicando para um visto ou permissão de trabalho, você deve manter o controle do tempo total que trabalhou e pretende trabalhar no Canadá.

Depois de ter cumprido quatro anos como um trabalhador estrangeiro temporário no Canadá, você não será elegível para trabalhar no país novamente até que um novo período de quatro anos se passe.

Apenas em alguns casos. Você só pode aplicar para um visto de trabalho de dentro do Canadá se:

  • Você, seu cônjuge ou pais têm uma validade de estudo ou de trabalho;
  • Você tem uma licença para um trabalho específico, mas quer aplicar para um trabalho diferente;
  • Você tem uma autorização de residência temporária que é válida por seis meses ou mais;
  • Você está no Canadá, porque já solicitou residência permanente no país. Você terá que passar por certas fases no processo principal antes de poder ser elegível para uma autorização de trabalho;
  • Entre outros.

Um Open Work Permit é uma autorização de trabalho que não é específica, sem uma oferta de emprego. Por não ser específico, não é necessário ter um Labour Market Impact Assessment (LMIA) ou uma prova de que um empregador tenha apresentado uma oferta de emprego através do Employer Portal e tenha pago a taxa necessária.

É um documento que um empregador canadense dá a um trabalhador temporário. Ele explica os detalhes do emprego.

Geralmente, uma carta de oferta de emprego é menos detalhada do que um contrato. O contrato incluirá informações sobre o salário e deduções do salário, deveres e condições de trabalho, tais como carga horária.

Se precisar de um Labour Market Impact Assessment(LMIA), você deve incluir uma cópia da sua carta de oferta com o pedido da permissão de trabalho.

Você pode ser elegível para um Open Work Permit se estiver em uma das seguintes situações:

  • Os requerentes de residência permanente que se candidataram a um escritório no Canadá;
  • Dependentes familiares de alguns candidatos de residência permanente;
  • Cônjuges e parceiros de direito de alguns trabalhadores e estudantes internacionais;
  • Alguns titulares de autorização de residência temporária;
  • Entre outros.

Em cada uma dessas situações, você deve atender critérios adicionais para ser elegível.

Pode ser necessário um exame médico para obter uma autorização de trabalho se:

  • Você deseja trabalhar em uma área importante para proteger a saúde pública, como: serviços de saúde, cuidar de crianças, educação primária ou secundária;
  • Você deseja trabalhar no setor agrícola e tem vivido em um país ou território designado;
  • Você deseja trabalhar no Canadá por mais de seis meses e viveu em um país ou território designado durante seis meses consecutivos no ano imediatamente anterior à data em que pretende entrar no Canadá.

Sim. Se ainda não aplicou no exterior, cônjuges e parceiros de direito comum podem solicitar a autorização de trabalho de dentro do Canadá.

EXTENÇÃO DE VISTO E/OU PERMISSÃO E MUDANÇA DE STATUS

Sim. Residentes temporários (turismo, estudo e trabalho) no Canadá, se quiserem prolongar a estadia, devem aplicar pelo menos 30 dias antes de seu status expirar.

Se o visto ou permissão expira depois de ter solicitado a extensão, antes de receber uma decisão sobre o pedido, você pode ficar no Canadá sob o que é chamado de implied status. Isso significa que a lei considera que você ainda é um residente temporário. Essa condição dura até o Citizenship and Immigration Canada - CIC (Departamento de Cidadania e Imigração do Canadá) decidir sobre sua solicitação.

Se quiser prolongar a estadia no Canadá como estudante, você deve solicitar pelo menos 30 dias antes de seu status expirar.

Se o visto ou permissão expirar depois de ter solicitado a extensão, antes de receber uma decisão sobre o pedido, você pode ficar no Canadá sob o que é chamado de implied status. Isso significa que a lei considera que você ainda é um residente temporário. Essa condição dura até a Citizenship and Immigration Canada - CIC (Departamento de Cidadania e Imigração do Canadá) decidir sobre sua solicitação.

Se aplicou para um outro visto de estudante, pode permanecer no Canadá e cumprir as condições da sua permissão original. Por exemplo, você não pode deixar a escola para começar a trabalhar, mas pode continuar estudando até a decisão do CIC.

Se aplicou para um tipo diferente de permissão, você não pode fazer qualquer das atividades permitidas pela licença original do estudo. Por exemplo, você pode ter ido para o Canadá como estudante e, em seguida, ter solicitado uma permissão de trabalho. Se assim for, deve parar de estudar uma vez que seu visto de estudante expirou. Depois disso, não pode trabalhar ou estudar até obter uma nova licença.

Você pode estender a autorização de trabalho por um período de tempo, porém sem exceder o máximo de quatro anos de trabalho no Canadá.

Você pode solicitar uma extensão se:

  • Seu empregador assinar um novo contrato de trabalho e receber um novo Labour Market Impact Assessment (LMIA) do Employment and Social Development Canada que autoriza o empregador a contratar você (caso seu trabalho necessite de um LMIA);
  • Se o empregador tem uma nova oferta de trabalho através do Employer Portal e esse trabalho não necessita de um LMIA.

Após solicitar a extensão, será permitida sua permanência no Canadá até a decisão final da solicitação. Você pode continuar a trabalhar nas mesmas condições, assim será mantido seu status.

Sim. Mas primeiro terá que ser feito a restauração de status que só é possível se o visto ou permissão expirou a menos de 90 dias. Caso seu visto ou permissão de estudo ou trabalho tenha expirado, você não pode estudar e nem trabalhar enquanto a solicitação de restauração de status estiver sendo processada.

Não há garantia de que a solicitação será positiva. Nela, você deverá fornecer detalhes completos de todos os fatos e circunstâncias que o levaram a perder o status.

Além da taxa para renovar o visto ou autorização, há também uma taxa para restaurar o status.

Sim. Visitantes podem solicitar a mudança de status para estudo ou trabalho. Para obter essa troca de status, são necessários os mesmos procedimentos para solicitar um visto ou permissão de estudo ou trabalho.

Se o visto ou permissão expirar depois de ter solicitado a mudança de status, antes de receber uma decisão sobre o pedido, você pode ficar no Canadá sob o que é chamado de implied status. Isso significa que a lei considera que você ainda é um residente temporário. Essa condição dura até Citizenship and Immigration Canada - CIC (Departamento de Cidadania e Imigração do Canadá) decidir sobre sua solicitação.

MENORES

Além dos documentos exigidos para um visto de visitante, será necessário:

  • Uma cópia da certidão de nascimento da criança;
  • A carta de autorização, de preferência em inglês ou francês, assinada pelos pais ou tutor legal;

A carta de autorização deve incluir:

  • Endereço e número de telefone dos pais ou do responsável legal;
  • Nome, endereço e número de telefone do depositário (o adulto que será responsável pela criança no Canadá).

Para mais informações, ver "as crianças menores viajam para o Canadá".

Você deve apresentar os seguintes documentos:

  • Uma cópia da certidão de nascimento da criança;
  • A carta de autorização assinada pelo pai que não está viajando, contendo endereço e número de telefone, em inglês ou francês, se possível;
  • Uma fotocópia do passaporte assinado do pai que não está acompanhando, ou cartão de identidade nacional.

Se os pais são separados ou divorciados e compartilharem a guarda do filho, o pai que viajar com a criança deve levar cópias dos documentos de custódia legal.

Se os pais são separados ou divorciados e um deles tem a guarda exclusiva da criança, a carta de autorização pode ser assinada por esse pai e ele deve levar uma cópia dos documentos de custódia.

Se um dos pais da criança é falecido, o pai que viajar deve levar uma cópia da certidão de óbito.

Em dúvida de o porquê solicitar seu visto conosco? Entre em contato.

* Campos obrigatórios.
Obrigado. Recebemos sua solicitação!

Nós faremos o possível para entrar em contato com você no menor tempo possível.